AV Comunicação | Ministro da Educação convoca estudantes para o segundo simulado gratuito do Enem
Anterior
Fechar
Próximo

Ministro da Educação convoca estudantes para o segundo simulado gratuito do Enem

As provas serão liberadas pela plataforma Hora do Enem a partir das 8h deste sábado (25) e poderão ser realizadas até às 20h do dia 3 de julho.

 

Estudantes de todo o país terão mais uma oportunidade de se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A partir deste sábado (25), às 8h, os alunos poderão acessar o segundo simulado oficial do Hora do Enem. Com 80 questões, a prova seguirá o mesmo formato do Enem. O simulado poderá ser acessado até às 20h do dia 3 de julho, e os estudantes terão até quatro horas seguidas para concluí-lo. O acesso é gratuito.

Qualquer interessado que estiver se preparando para o Enem poderá participar. Basta se cadastrar no site horadoenem.mec.gov.br. Os alunos da rede pública que não tiverem acesso à internet poderão realizar o simulado em sua própria escola, entre os dias 27 de junho e 1º de julho. Além de poder conferir sua nota imediatamente após o término da prova, o estudante também poderá checar se conseguiu atingir a nota de corte do curso ou universidade desejada.

Na expectativa de ampliar o acesso dos estudantes a esse segundo simulado oficial do Enem, o ministro da Educação, Mendonça Filho, decidiu estender o prazo para a realização das provas por nove dias. E os alunos do ensino médio da rede pública que não tiverem acesso particular a internet ainda poderão realizar o simulado em sua própria escola ao longo da próxima semana, de segunda (27/06) a sexta-feira (01/07).

“Convoco todos os jovens do Brasil que estão se preparando para o Enem a participar do segundo simulado, agora em junho. É uma ótima oportunidade para se preparar”, destaca o ministro da Educação.

Mais de 710 mil estudantes de todo o país fizeram o primeiro simulado nacional do Hora do Enem, realizado entre os dias 30 de abril e 1º de maio, e repetido entre os dias 7 e 8 de maio. Pelo menos 85% desses alunos que fizeram a prova estudam na rede pública de ensino. Um deles foi Cleverton Bonfim, aluno do 3º ano da rede pública de Sergipe e candidato ao curso de Medicina. “É a primeira vez que vou fazer o Enem e queria ter uma noção de como é a prova”, contou.

“O simulado foi ótimo para isso, mas o que mais gostei foi a possibilidade de comparar meu resultado com a nota de corte do meu curso. Por conta disso, coloquei como meta melhorar 50 pontos a cada simulado: além da escola, tenho estudado diariamente com o Hora do Enem ‘pra’ chegar lá”, acrescentou o estudante.

Hora do Enem

Realizado em parceria entre o Ministério da Educação (MEC), o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o Hora do Enem oferece aos alunos cadastrados uma plataforma de estudos personalizada. Além de poder testar seus conhecimentos em simulados, os estudantes têm acesso a ferramentas como testes de nivelamento em diferentes matérias, videoaulas, exercícios comentados por professores e possibilidade de criar um cronograma de estudos on-line.

Desenvolvida pela Geekie Games, a plataforma também está disponível na Google Play para download em smartphones Android. O diretor executivo da Geekie Games, Danilo Bardusco, ressaltou que o simulado, produzido de acordo com especificações do Inep, pode ser acessado gratuitamente por todos os alunos concluintes do ensino médio.

“Todos esses alunos podem acessar e se cadastrar na plataforma Geekie Games, onde eles vão receber um plano de estudos personalizado de maneira gratuita. Outros alunos que não estejam mais cursando o ensino médio, que já concluíram ou que ainda estão no primeiro ou segundo ano, podem usar a parte gratuita, as aulas, podem fazer os simulados. O Hora do Enem também disponibiliza uma série de outros conteúdos, através do portal MECFlix, que foi lançado no mês passado, e um programa diário de TV, na TV Escola”, completou.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado

Aguarde...