AV Comunicação | “Que país é este?”, por Adriana Vasconcelos
Anterior
Fechar
Próximo

“Que país é este?”, por Adriana Vasconcelos

2 de dezembro de 2016

A composição de Renato Russo nunca esteve tão atual, tamanha a confusão que assistimos hoje no Brasil. Algo que assusta e nos deixa um pouco tontos diante do clima de incertezas. Pior, talvez, seja a falta de sintonia entre as ruas e as instituições no país, o que pode agravar ainda mais esse cenário nebuloso que vivemos.

Essa nova realidade ainda não foi totalmente digerida pelos governantes de plantão, que continuam apostando que conseguirão camuflar mal feitos e seguir agindo como se fizessem parte de uma casta acima da lei.

É fato que ao longo das últimas décadas o eleitor desmemoriado e disposto a negociar seu voto em troca de favores ou presentes contribuiu, e muito, para que chegássemos onde chegamos. Mas é fato também que esse quadro começou a mudar e não vai parar.

A mais longa recessão a história brasileira, claro, tem ajudado a refrescar a memória desses eleitores, que não parecem mais dispostos a aceitar calados e passivos o descumprimento de promessas ouvidas em campanhas ou a aplicação da lei diante de crimes de corrupção.

Os poderosos, desta vez, não conseguirão sair incólumes de votações pela madrugada, apostando que, a exemplo do que muitas vezes aconteceu no passado, a população brasileira deixará barato o desrespeito às suas demandas.

Que os representantes dos três Poderes da República fiquem atentos a isso e ajam para evitar um caos ainda maior, enquanto o humor das ruas ainda está sob controle synthroid 100 mcg.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado

Aguarde...